aligrafia de carta não condiz com a de Lázaro, diz força-tarefa

aligrafia de carta não condiz com a de Lázaro, diz força-tarefa
aligrafia de carta não condiz com a de Lázaro, diz força-tarefa

Informações preliminares apontam que a caligrafia de uma carta que teria sido escrita por Lázaro Barbosa, 32 anos, não condiz com a do fugitivo, segundo nota divulgada na noite desta sexta-feira (25/6) pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO). O material foi analisado pela perícia. A carta foi entregue à Polícia Civil de Goiás. Extenso e com vários erros de português, o texto fala em perdão e lembra momentos de infância. Quem escreveu o texto descreve o pai como ausente e que ele chegava em casa constantemente bêbado. Veja as cartas: Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles Carta supostamente escrita por Lázaro Material cedido ao Metrópoles 1 Ainda de acordo com a nota, as equipes policiais que compõem a força-tarefa continuam em operação para captura de Lázaro Barbosa, com cerco reforçado em determinadas áreas da região. A SSP- GO informou que “o material periciado no local onde o fugitivo se escondia, os indícios recolhidos, bem como o conteúdo das investigações, serão divulgados em momento oportuno, para não comprometer a operação”. A pasta destacou que desde a criação do disque-denúncia, a força-tarefa recebeu cerca de 5,3 mil contatos, sendo que mais de 95% das informações repassadas pela população não contribuíram com as investigações. Já o aplicativo Brasil Mais Seguro teve cerca de 6,8 mil donwloads. Não foram enviados sinais de alerta que pudesse contribuir com a captura do fugitivo.