Estupro de vulnerável no Paranoá

Segundo investigação da Polícia Civil, o suspeito abusava das crianças desde que elas tinham dois anos de idade. Atualmente, as vítimas tem entre 12 e 14 anos

Estupro de vulnerável no Paranoá

Um homem de 35 anos foi preso pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), nesta sexta-feira (20/8), acusado de estuprar suas duas filhas mais velhas, que atualmente têm 12 e 14 anos. Segundo apurações da Polícia Civil do Distrito Federal, o suspeito abusava sexualmente das crianças desde que elas tinham dois anos de idade. A descoberta das agressões ocorreu, após dez anos de abusos, quando as meninas relatarem o fato à mãe. Ao saber do ocorrido, a mulher registrou um boletim de ocorrência contra o marido na 6ª Delegacia de Polícia. As investigações iniciaram e resultou na prisão preventiva do acusado. O suspeito ficará à disposição da Justiça e responderá pelos crimes de estupro de vulnerável por duas vezes, além do agravante pela continuidade dos crimes. O casal tem mais uma filha, de 5 anos.