Feira da M Norte é toda reformada

Após dez anos com boxes fechados e enfrentando uma série de problemas, Feira Permanente local foi reinaugurada neste sábado (31)

Feira da M Norte é toda reformada

RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: ROSUALDO RODRIGUES

Após mais de dez anos de espera, a Feira Permanente da M Norte , em Taguatinga, foi reinaugurada, neste sábado (31), com a presença do governador Ibaneis Rocha e da primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha. O espaço foi todo recuperado pelo governo e recebeu um investimento de R$ 300 mil. O GDF fez um investimento de R$ 300 mil para deixar novinha em folha a feira antes abandonada | Fotos: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília Além dos 60 boxes todos novinhos e identificados com placas, a feira agora está cercada com alambrado novo, teve os banheiros e piso reformados, a recuperação e pintura do telhado, entre outras melhorias. “Vamos investir R$ 32 milhões nas feiras e atender metade da população do DF que as frequentam. E, por trás disso, estamos gerando emprego e renda para centenas de pessoas”, disse Ibaneis Rocha. O governador lembrou que o brasiliense evitava frequentar feiras como a da M Norte, por encontrar ambientes sujos, fedidos e malcuidados. “Agora, estamos devolvendo aos frequentadores os espaços com banheiros limpos, com estrutura e fácil acesso, inclusive para as pessoas com deficiência”, observou. R$ 32 milhões é o valor que será investido na recuperação das feiras do DF, segundo o governador Ibaneis Rocha Ao discursar, o chefe do Executivo local revelou ainda que a próxima benfeitoria para o bairro será uma creche pública para atender as crianças da região. “Estamos avaliando um local onde podemos construí-la”, avisou. Em seguida, Ibaneis andou pelo comércio e prestigiou um box de comidas nordestinas, experimentando uma dobradinha com cheiro verde, em companhia do presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente. Segunda feira reinaugurada A feira em Taguatinga é a segunda a ser devolvida à população pelo GDF, logo após a da Candangolândia, em junho. Outras duas seguem em reformas: as do Gama e de Riacho Fundo. Os recursos e a mão de obra direta são da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), por meio do Programa Cidade Sempre Viva de recuperação de espaços públicos. Comerciante pioneira no espaço, Elza Santos, 73 anos, acredita que, com a reforma, o movimento vai melhorar “Nosso objetivo é recuperar as 31 feiras da capital. Encontramos esse espaço da M Norte abandonado, com boxes fechados, uma série de problemas. E hoje ele volta a funcionar plenamente”, destacou o presidente da Novacap, Fernando Leite. Para o administrador de Taguatinga, Bispo Renato, os reparos são um chamariz para trazer de volta os moradores da M Norte à feira, usualmente cheia aos fins de semana. “É um ponto tradicional aqui em Taguatinga Norte que foi esquecido pela comunidade. Vamos ajudar na divulgação e incentivar os moradores a virem aqui aproveitar com a família”, frisou. Enfim, uma ‘feira de verdade’ Criada em 2019, a feirinha da M Norte tem diversas opções para quem gosta de “bater perna”. Bancas de alimentação, vestuários, doces e laticínios, até um pequeno salão de beleza. Elza Santos, 73, é a pioneira do espaço, onde mantém sua lojinha de calçados e itens de couro desde a inauguração. Para a feirante, o período de pandemia foi muito duro para quem trabalha por ali. “Chegamos ao ponto de ter apenas quatro quiosques abertos. Os colegas pararam de vender e não voltaram mais”, revelou a senhora. Agora, ela está confiante que tudo voltará ao normal. “O cliente gosta de conforto, tudo pintado e bonito. Com certeza o movimento vai melhorar”. Leia também Feira permanente mais antiga do DF vai ser modernizada Otimista também estava o casal Frederico, 60, e Margarida Brito, 56 anos, que mantém uma banca de alimentação no local. Entre um caldo e outro retirado da panela, a feirante agradeceu. “Amei a reforma, os banheiros ficaram novos, o alambrado vai trazer mais segurança. Agora, está com ‘cara’ de uma feira de verdade”, concluiu.