Homem captura sucuri de 3 metros com a mão e a coloca em balde

A atitude do trabalhador, que por sorte não ficou ferido, foge às recomendações dos órgãos de segurança pública; o fato aconteceu numa chácara de Conquista, em Minas Gerais

Homem captura sucuri de 3 metros com a mão e a coloca em balde

Renato Manfrim - Especial para o Estado de Minas  8º BBM/Divulgação) (crédito: 8º BBM/Divulgação)

Uma sucuri de três metros, que atacou e matou galinhas, foi capturada com a mão por um trabalhador de uma chácara, situada nas proximidades de Conquista, Triângulo Mineiro. A cobra foi colocada em um balde de 200 litros e ele não sofreu ferimentos. Em seguida, na noite desta terça-feira (3/8), o trabalhador rural se deslocou com o animal dentro do balde até sua residência, no Bairro Residencial Guilherme Borges, em Uberaba, de onde acionou a guarnição de salvamento do 8º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM). Os bombeiros encaminharam a sucuri para o Hospital Veterinário de Uberaba, mas ela não apresentou ferimentos. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do 8º BBM, que informou que o registro da ocorrência ainda não foi finalizado. As sucuris não são venenosas, mas sua mordida é forte o bastante para atordoar sua presa que, rapidamente, é envolvida e morta por estrangulamento pela musculatura forte e robusta do animal. A recomendação dos órgãos de segurança pública é que em caso de se deparar com um animal como este, a pessoa deve ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros, pelo 193, ou acionar a Polícia Militar Ambiental, pelo 190.